HomeAutomotivas

Baterias automotivas: tudo o que você precisa saber

Baterias automotivas: tudo o que você precisa saber
Like Tweet Pin it Share Share Email

As baterias automotivas são imprescindíveis para o funcionamento de um veículo. Sem uma bateria em perfeito estado de funcionamento, não conseguimos nem mesmo dar a partida em um carro, por exemplo.

No entanto, apesar de se tratar de um item extremamente importante, muitas pessoas não possuem o conhecimento adequado sobre as baterias automotivas e o seu funcionamento.

A falta de conhecimento a respeito de um item básico da elétrica automotiva, faz que com que muitas pessoas não saibam exatamente como agir ao notar um problema ligado a bateria do seu carro, outras não conseguem nem mesmo identificar quando uma falha é ocasionada por um mal funcionamento da bateria.

Se o seu objetivo é entender mais sobre as baterias automotivas e conhecer tudo ao seu respeito, você está no lugar certo!

Neste artigo, você terá acesso a tudo o que precisa saber para entender de uma vez por todas sobre as baterias automotivas! Veja os conteúdos que serão tratados aqui:

  • Para que servem as baterias automotivas
  • Do que são feitas as baterias automotivas
  • Como as baterias funcionam
  • Quais são os tipos existentes de baterias
  • Principais marcas de baterias automotivas
  • Como escolher a melhor bateria para o meu carro

Para que servem as baterias automotivas

Para entender a importância e a serventia das baterias automotivas, você não precisa ser mecânico e muito menos eletricista automotivo, basta conhecer alguns princípios básicos do funcionamento de um veículo.

Todos nós sabemos que os carros são movidos a um tipo de combustível, dentre eles os mais comuns são a gasolina, o álcool, o diesel e o GNV – Gás Natural Veicular. Mas, como esses combustíveis fazem o carro se mover na prática?

Para que um carro se movimente, é preciso que ocorram pequenas explosões no interior do motor. Essas explosões são as responsáveis por movimentar os pistões que transmitem a força desse movimento para as bielas e o virabrequim, fazendo com que as rodas girem e o veículo por fim entre em movimento.

Ou seja, o combustível como um agente altamente inflamável, é o responsável por alimentar a sequência de explosões que movimentam o motor e consequentemente o veículo. Mas, como fazer esse combustível explodir no interior do motor?

Para que as explosões ocorrem no interior do motor, gerando a força necessária para o movimento do veículo, precisamos gerar faíscas.

É justamente nesse ponto que entram as baterias. As baterias são responsáveis por armazenar a energia necessária para a geração dessas faíscas e para o funcionamento de vários outros componentes de um carro, como o sistema de som, alarme, travas, faróis e lanternas.

Resumidamente, quando giramos a chave do carro, enviamos um sinal para a bateria, que por sua vez envia através dos cabos de vela e das próprias velas um estímulo elétrico que ao entrar em contato com o combustível gera a explosão que faz o seu carro ligar, entrar e se manter em movimento.

Portanto, quando a bateria não tem energia suficiente para gerar esse estímulo elétrico, o veículo não é ligado.

Percebeu a importância das baterias para o correto funcionamento do seu carro? Interessante não é mesmo? Mas, do que são feitas as baterias automotivas? Esse é um assunto para o nosso próximo tópico.

Do que são feitas as baterias automotivas?

Se você já precisou comprar uma bateria nova ou substituir a bateria do seu carro, percebeu como elas são pesadas apesar de pequenas não é mesmo?

Mas, isso tem explicação, as baterias são feitas predominantemente de chumbo, um tipo de metal muito conhecido por uma característica muito peculiar, seu peso elevado.

ATENÇÃO: Antes de continuar, precisamos alertar que em nenhuma hipótese você deve tentar violar a carcaça de uma bateria, pois além de inutilizá-la, você entraria em contato com um líquido altamente corrosivo.

No interior das baterias encontramos, uma mistura de óxido de chumbo, ácido sulfúrico, alguns aditivos e água. Componentes responsáveis pelo transporte de energia até os polos e consequentemente para todo o sistema elétrico do veículo.

Os polos de uma bateria são na verdade dois eletrodos, popularmente conhecidos como “positivo” e “negativo”, sendo um deles fabricado em chumbo esponjoso e outro de dióxido de chumbo.

No interior da bateria, existe também uma estrutura, geralmente fabricada em plástico e que é responsável por separar o lado positivo do negativo da bateria, evitando curtos-circuitos.

Como as baterias funcionam?

A energia enviada ao veículo pela bateria, nada mais é do que um resultado da reação química que ocorre com os elementos químicos em seu interior.

No entanto, esses elementos químicos possuem uma vida útil e com o tempo acabam perdendo o seu potencial de geração e condução de energia, fazendo com que as baterias percam a capacidade de gerar o potencial energético necessário para que um carro entre em funcionamento.

É importante dizer, que em muitos casos quando uma bateria falha, alguns componentes, como as luzes internas e de sinalização do seu carro continuam em funcionamento. Afinal, estes componentes demandam menos energia da bateria.

Isso faz com que muitas pessoas até mesmo acreditem que o problema que ocasiona o mal funcionamento do seu veículo não esteja relacionado a bateria, o que pode ser um equívoco.

Quais são os tipos existentes de baterias

Basicamente existem três principais tipos de bateria no mercado, sendo elas:

  • Convencional: As baterias em modelo convencional, são as mais utilizadas e tradicionalmente conhecidas no mercado. Essas baterias são constituídas em seu interior por chumbo e uma solução química entre a água, ácido sulfúrico e aditivos.
  • EFB: A sigla EFB (Enhanced Flooded Battery) significa “bateria inundada melhorada” em uma tradução aproximada para português. Este tipo de bateria é uma evolução das baterias convencionais, sendo muito utilizada e recomendada para veículos com o sistema start/stop.
  • AGM: A sigla AGM (Absorbent Glass Mat) significa “manta de fibra de vidro absorvente” em uma tradução aproximada para português. Dentre os modelos apresentados aqui e mais utilizados pelas montadoras em todo o mundo, as baterias AGM são as mais eficientes e duráveis. Nas baterias AGM, o eletrólito, (solução aquosa da bateria) conta com uma absorção total em seus separadores, aumentando consideravelmente a vida útil das baterias.

Principais marcas de baterias automotivas

Veja agora, quais são as principais marcas de bateria automotiva presentes no mercado brasileiro:

  • ACDelco: Reconhecida por sua qualidade e presente em mais de 60 países do mundo, as baterias ACDelco despontam entre uma das melhores do mercado automotivo.
  • Baterias Bosch: A Bosch é uma marca de baterias muito conhecida no mercado mundial, de boa qualidade e também já comercializada aqui no Brasil.
  • Baterias Heliar: A Heliar é uma marca muito tradicional de baterias aqui no Brasil, indicada por muitas montadoras, esta marca de bateria também oferece excelente durabilidade.
  • Baterias Moura: As baterias Moura são as mais conhecidas e utilizadas no Brasil, apesar de seu custo em geral mais elevado, as baterias deste fabricante costumam contar com uma vida útil superior a oferecida pelos demais fabricantes.
  • Baterias Zetta: As baterias Zetta são uma segunda linha da Moura, e por isso naturalmente possuem custo mais baixo para o consumidor.

Como escolher a melhor bateria para o meu carro

Escolher a melhor bateria para o seu carro é uma tarefa mais simples do que parece, basta seguir os seguintes passos:

  • Amperagem e tipo: Verifique no manual do seu veículo a amperagem da bateria indicada pelo fabricante. São várias as amperagens de uma bateria, dentre elas: 40, 45, 48, 50, 60, 70, 80, 90. O ideal nesse caso, é comprar sua bateria conforme a amperagem e tipo determinadas pelo fabricante do veículo.
  • Não aposte em marcas desconhecidas: Evite marcas desconhecidas, compre uma bateria confiável e já reconhecida pelo mercado.
  • Garantia: Verifique o período de garantia, quanto maior o prazo de garantia oferecido pelo fabricante, melhor!

Conclusão

Neste artigo, você descobriu para que servem as baterias, do que elas são feitas, como elas funcionam, os principais tipos e marcas existentes, além de algumas dicas para escolher a melhor bateria para o seu carro.

As baterias são indispensáveis para o bom funcionamento do seu carro, portanto ofereça a elas a atenção que elas merecem e garanta o bom funcionamento do seu veículo.

Após a leitura completa e atenta deste artigo temos certeza de que você já conhece tudo sobre as baterias automotivas e logo não passará mais apuros com elas.

Quer aprender ainda mais sobre o mundo automotivo e retirar diferentes dúvidas? Continue acompanhando o nosso blog e não deixe de compartilhar com amigos!

Até a próxima!

Comentários (0)

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *